Dia Nacional dos Centros Históricos

Monday, 25 March 2013

Porto | nova Praça de Lisboa
Porto | nova Praça de Lisboa Porto | nova Praça de Lisboa
Porto | Torre dos Clérigos
Porto | Torre dos Clérigos
Porto | Torre dos Clérigos Porto | Torre dos Clérigos
Porto | Torre dos Clérigos
Porto | Torre dos Clérigos
Porto | Torre dos Clérigos

Às vezes sabe bem ser turista na nossa própria cidade - e o Porto tem tanta coisa para ver.

Sabe bem passear e olhar a cidade com outros olhos, o olhar de quem não toma a beleza que observa como adquirida, o olhar que encontra sempre algo de novo em cenários às vezes banais, mas dignos de uma bela fotografia. Estes cenários, por serem para nós, os locais, tão vistos e repetidos, acabam esquecidos em vez de admirados... mas é bom trocar as voltas ao previsível, encontrar novas perspectivas, descobrir enquadramentos a que não temos acesso todos os dias, fazer finalmente o tantas vezes adiado.

Se fosse uma turista na cidade do Porto - como já fui em tantas outras cidades, onde subi a tantas outras torres - não perderia certamente a subida à Torre dos Clérigos. E aqui, como cidadã ingrata desta cidade, fico a pensar duas vezes antes de entregar a moeda de 2€ que o homem da bilheteira me pede... em qualquer outra cidade europeia onde estivesse uma semana de férias não hesitaria em pagar o triplo por façanha idêntica, mas aqui, com todo o tempo do mundo à minha frente para o fazer, penso duas vezes... que mesquinhez, penso para mim, com a certeza, de que todo o futuro que me espera será talvez pouco tempo para uma viagem que adiamos sempre: aquela que está mesmo à nossa frente - a que por ser tão facilmente adiável, é constantemente adiada. Decidida a contrariar este irónico princípio, comprei o bilhete e subi os degraus. Cedi passagem a outros visitantes que desciam a escadaria íngreme e estreita, cruzei-me com turistas que falavam outras línguas, tirei fotos às diferentes perspectivas no topo, identifiquei os monumentos mais conhecidos, apontei para os pontos de referência mais escondidos e pessoais... "olha, moramos ali", "olha, já trabalhamos acolá".
E em nada esta subida ficou a dever a qualquer outra.

No Sábado passado, comemorou-se no Porto o Dia Nacional dos Centros Históricos - e nós celebramos assim!
Mais fotos aqui.
_

Sometimes it feels good to be a tourist in our own city - and Porto has so much to see.

It feels good to walk around and look at the city with new eyes, the eyes of those who don't take the surrounding beauty for granted, the eyes that always find something new in ordinary, but worthy of a beautiful photograph, scenarios. These scenarios, as they are for us, the locals, seen over and over again, become eventually forgotten rather than admired... but it's good to change the predictability of things, find new perspectives, discover frameworks that we don't have access to every day, finally make what we often postpone.

If I was a tourist in the city of Porto - as I was already in many other cities, where I went up to so many other towers - I wouldn't certainly miss the climb to Torre dos Clérigos. And here, as an ungrateful citizen of this city, I think twice before handing over the €2 coin that the man at the ticket office asks me... when in vacation in any other European city I wouldn't hesitate to pay triple for the same feat, but here, with all the time in the world ahead of me to do so, I think twice... this is mean, I think to myself, with the certainty, that all future that awaits me is perhaps little time to postpone a trip that we delay forever: that which is right in front of us - and that being so easily deferrable, is constantly postponed. Determined to antagonize this ironic principle, I buy the ticket and climb up the stairs. I gave passage to other visitors descending the steep and narrow staircase, I came across tourists who spoke other languages​​, took pictures of the different perspectives on the top, I identified the most famous monuments, pointed to the more hidden and personal landmarks... "Look, we live there," "look, we've worked there."
And nothing in this climb felt less interesting than any other.

Last Saturday, we had lots of activities in Porto due to the National Day of Historic Centres - and we celebrated this way!
More photos here.

14 comments:

  1. È uma vergonha...mas também nunca subi aos Clérigos, pela mesma razão que a tua. É mesmo necessário 'forçarmo-nos' (e que esforço bom!) por ser turistas na propria cidade. Agora já não fazendo vida no Porto, nem vivendo perto, hei-de arranjar um bocadinho, num aida ao Porto, para também subir aos Clérigos e mostrar aos meus filhos a cidade vista da sua torre :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Espero que sim, sabe tão bem! :)

      Delete
  2. Porto has been on my wishlist for a while now and seeing these pictures i really think is should book some tickes :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. You should! I bet you won't regret it ;)

      Delete
  3. Gostava descubrir esse Porto tao bonito ! A proxima vez vou pasear por la e pensarei em esse teu bilhete.
    Como sempre gosto de tua manera de descrivir as coisas simples et boas da vida
    boa continuaçao
    Carla

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada Carla! Espero que sim, que um dia quando visitares pelo Porto descubras o que de mais belo a cidade tem, incluindo uma subida à Torre dos Clérigos ;)

      Delete
  4. Olha... Eu no ano passado andei de moliceiro, aqueles que fazem a volta à cidade de Aveiro e porque uma amiga da Nova Zelandia, que fiz no Instagram, veio a Portugal de férias. A primeira vez!... Acho que se não fosse ela... Ia adiar mais uns anos e... Talvez morrer sem ter tido feito essa viagem ;)

    ReplyDelete
    Replies
    1. :) Ainda bem que de vez em quando surgem bons pretextos para ficarmos a conhecer melhor a nossa cidade, são daquelas coisas que se formos adiando sempre nunca fazemos e é uma pena!

      Delete
  5. It's a great idea to experience your own city like a tourist. I realized a few years ago that the only time I had visited the Acropolis was when I was a kid at school. Since then I went there a couple of times, avoiding the summer months and the (hordes of) tourists and it's been an amazing experience.
    Love your photos of Porto, it's been on my wishlist for a while :-)
    aleka

    ReplyDelete
    Replies
    1. Speaking about travel wishlist... can't wait to go to Athens and visit the Acropolis!!
      I imagine it must be boring to have all those tourists around, but, well... I hope to be one of them one day :) maybe I can avoid the Summer months too!

      Delete
  6. Ana, muito obrigada pela vista guiada a uma das zonas da cidade que guardo com muito carinho no coração!!! Com a atividade árdua de fraldário ca em casa e o tempo frio, chuvoso e ventoso não tem dado nem apetecido ir até à minha Cidade!!! Aliás é uma falha grave a Sara ainda não andou de metro e a Inês com o mesmo tempo já tinha corrido "seca e meca" *_* Mas uma bebé no inverno tem muito que se lhe diga!!!
    Bom tudo isto para agradecer o passeio virtual, adorei ver como está o bairro francês do Porto!!!!
    Obrigada e boa semana... ... ...

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ainda bem que gostaste! Imagino que seja difícil ter tempo durante essa fase, mas sei também que a alegria redobrada compensa tudo ;) o Inverno está a demorar a ir embora, mas em breve estará sol e saberá muito melhor dar uns passeios pela cidade!
      Beijinho

      Delete
  7. Polémicas à parte, cada vez estou mais convencido que a reabilitação da Praça de Lisboa foi bem conseguida. Sem dúvida que já se tornou em mais um dos pontos de interesse da cidade e faz muito bem a ligação entre o histórico e o contemporâneo.
    E também fiquei muito bem impressionado com a vista de cima da Torre dos Clérigos, nunca tinha súbido à torre e de facto as vistas sãos dislumbrantes!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. A verdade é que a Praça de Lisboa tem um enquadramento difícil e depois de tantos anos a cair em degradação, é um alívio vê-la reabilitada e com nova vida.
      As vistas do topo da torre são deslumbrantes, sim! Já lá tinha subido há muitos anos atrás, mas nem me lembro bem da experiência, acho que não conta :p

      Delete

Ana Pina | blog

All rights reserved | Powered by Blogger

^