Tincal Lab Challenge 2018 // Opening!

0

Tuesday, 20 November 2018














PT
E foi assim a inauguração da exposição do Desafio Tincal lab 2018 Joalharia e Tecnologia!
O atelier encheu com artistas vindos de vários países, amigos e curiosos - uma verdadeira festa de joalharia. Este ano são 43 os autores seleccionados, de cerca de 20 países e o resultado é um conjunto de quase 100 peças exclusivas inspiradas pelo mundo da tecnologia - desde a roda à cloud.

Todas as peças têm o preço máximo de 100€, o que faz desta uma incrível oportunidade para adquirir uma peça única a um preço extremamente acessível.

Este ano, o júri, composto por mim (representante do Tincal lab), pela Áurea Praga (representante da Joalharia) e pelo Tauan Bernardo (representante da Tecnologia) seleccionou um autor para o Prémio Selecção do Júri, que terá a oportunidade de expor no Tincal lab em 2019: a romena Cleopatra Cosulet e as suas versáteis peças alfinete/colar, que, realizadas em resina com pigmentos termocromáticos, mudam de cor com o calor.

O público também terá oportunidade de selecionar o seu favorito: o autor com mais votos presenciais (visitas no Tincal lab) e likes online (neste álbum do facebook) também irá expor no Porto no próximo ano. Votem aqui!

O catálogo desta edição já está disponível na loja online e em breve as peças estarão também. Fiquem atentos ou façam-nos uma visita para as ver ao vivo.

EN
And so was the opening of the exhibition of Tincal lab Challenge 2018 Jewelry and Technology!
The atelier filled with artists from various countries, friends and curious - a true jewelry festival. This year 43 artists are selected from about 20 countries and the result is a set of almost 100 exclusive pieces inspired by the world of technology - from the wheel to the cloud.

All the pieces have the maximum price of 100€, which makes this an incredible opportunity to acquire a unique piece at an extremely affordable price.

This year, the jury, composed by me (representative of Tincal lab), Áurea Praga (Jewelry representative) and by Tauan Bernardo (Technology representative) selected an artist for the Selection of the Jury Award that will have the opportunity to exhibit in Tincal lab in 2019: the Romanian Cleopatra Cosulet and her versatile brooch/necklace pieces, which, made in resin with thermochromatic pigments, change color with the heat.

The public will also have the opportunity to select their favorite: the artist with more votes in person (visits at Tincal lab) and likes online (on this facebook album) will also exhibit in Porto next year. Vote here!

The catalog of this edition is already available in the online shop and soon the pieces will be as well. Stay tuned or pay us a visit to see them live.

Tincal Lab Challenge 2018 Jewelry and Technology

0

Wednesday, 7 November 2018


PT
Chegou outra vez aquela altura do ano!
Depois de meses de trabalho, enquanto curadora e organizadora, é com muito gosto que vos convido para a inauguração de mais uma exposição colectiva no Tincal Lab: o Desafio 2018 Joalharia e Tecnologia.

Com o principal objectivo de mostrar a qualidade e diversidade da joalharia contemporânea, abrindo as suas portas ao grande público, o Tincal lab convida todos os anos joalheiros de todo o mundo para um Desafio: a criação de até 3 peças com o preço máximo de 100€, inspiradas por um tema.

Em 2018, a 4ª edição desta iniciativa propõe uma reflexão sobre o tema Joalharia e Tecnologia e traz até ao Porto quase 100 peças exclusivas de mais de 40 autores de 20 países diferentes.
Esta fantástica exposição colectiva de características únicas inaugura no Tincal lab a 10 de Novembro e pode ser visitada até ao final de 2018.

Na data de inauguração será lançado o catálogo desta edição e anunciado o vencedor do prémio Selecção do Júri. Também o público terá oportunidade de escolher o seu artista favorito, através de votação online até ao final do ano.
Em dia de Inaugurações Simultâneas no Quarteirão Miguel Bombarda aproveitem para visitar também o Tincal lab, que fica muito próximo, na Rua de Cedofeita, 27, 2º frente - bem perto da Praça Carlos Alberto.
Não percam a inauguração no dia 10 de Novembro, a partir das 15h!


EN
And it's again that time of the year!
After months of work, as curator and organizer, it's my pleasure to invite you to the opening of another collective exhibition at Tincal Lab: Challenge 2018 Jewelry and Technology.

With the main objective to show the quality and diversity of contemporary jewelry, opening its doors to the general public, Tincal lab invites every year jewelers from around the world for a Challenge: the creation of up to 3 pieces with the maximum price of 100€, inspired by a theme.

In 2018, the 4th edition of this initiative suggests a reflection on the theme Jewelry and Technology and brings to Porto almost 100 exclusive pieces from more than 40 artists from 20 different countries.
The opening of this amazing collective exhibition of unique characteristics will be at Tincal lab on 10th of November and it can be visited until the end of 2018.

On the opening date, the catalog of this edition will be released and the winner of the Jury Selection Prize will be announced. Also the public will have the opportunity to choose their favorite artist, through online voting until the end of the year.
Don't miss the opening on November 10th, from 3pm!

Orpheu Collection

0

Monday, 29 October 2018

Orpheu Collection | necklace
Orpheu Collection | necklace
Orpheu Collection | necklace
Orpheu Collection | earrings
Orpheu Collection | earrings
Orpheu Collection | earrings
Orpheu Collection | ring
Orpheu Collection | ring
Orpheu Collection | ring
Orpheu Collection | ring
Orpheu Collection | pin
Orpheu Collection | pin
Orpheu Collection | bracelet
Orpheu Collection | bracelet
[+]

PT
A mais recente Colecção Orpheu já está disponível na loja online!
Uma interpretação abstracta e minimalista do ritmo sem fim dos movimentos circulares das composições de Robert Delaunay resulta numa colecção que brinca com combinações de segmentos de circunferências em peças geométricas que adoram ser combinadas entre si.


Na Grécia antiga, Orfeu, poeta e músico lendário, era conhecido por ser capaz de encantar todos os seres vivos - e mesmo os inanimados - com a divina música da sua lira.
No início do século XX, o termo Orfismo foi usado para descrever um tipo particular de cubismo desenvolvido pelo casal Delaunay, que ambicionava transmitir a música através da pintura.
Símbolo da capacidade das artes de se inspirarem mutuamente, Orfeu está agora presente nesta colecção de joalharia: uma interpretação abstracta e minimalista do ritmo sem fim dos movimentos circulares das composições de Delaunay - uma composição para ser ouvida como uma sinfonia, admirada como uma pintura, usada como uma jóia.


Orpheu - em vez de Orfeu ou Orpheus -, também, em forma de homenagem.
Toda a colecção disponível aqui.

EN
The newest Orpheu Collection is finally available in the online shop!
An abstract and minimalist interpretation of the endless rhythm of circular movements of Robert Delaunay’s compositions results in a collection that plays with combinations of segments of circumferences in geometric pieces that love to be combined with each other.

In ancient Greece, Orpheus, legendary musician and poet, was known for being able to charm all living - and even inanimate - beings with the divine music of his lyre. 
In the beginning of the 20th century the term Orphism was used to describe a particular kind of cubism developed by the couple Delaunay, that aimed to convey music through painting. 
As symbol of the ability of arts to inspire each other, Orpheus is now present in this jewelry collection: an abstract and minimalist interpretation of the endless rhythm of circular movements of Delaunay’s compositions - a composition to be heard as a symphony, admired as a painting, worn as a jewel.

Orpheu - instead of Orfeu or Orpheus -, also, as a form of homage.
All collection available here.

Bauhaus Dessau

2

Tuesday, 16 October 2018

Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18 Berlin | 09'18
Berlin | 09'18Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18 Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18 Berlin | 09'18
[+]

PT
A visita à Bauhaus foi sem dúvida um dos pontos altos da viagem a Berlim.
A cerca de 2h de comboio de Berlim, a estação de comboio de Dessau fica a 10 minutos a pé do incrível edifício da Bauhaus desenhado por Walter Gropius em 1925. Fundador e director da escola desde 1919, quando ainda se localizava em Weimar, saiu em 1928, cinco anos antes do encerramento definitivo, graças à imposição do governo Nacional Socialista.
Durante os 14 anos da sua existência a Bauhaus revolucionou a forma como encaramos a sociedade - mais do que uma escola de arquitectura, arte e design, foi um símbolo de mudança e modernidade, ambicionou unir artes e indústria, criando um tipo de ensino baseado na experimentação, influenciando áreas artísticas e sociais até aos dias de hoje.

Actualmente em Dessau é possível visitar vários edifícios ligados à Bauhaus, sendo os mais importantes o edifício da escola e as Casas dos Mestres - um conjunto de habitações também desenhadas por Gropius, onde alguns dos professores viveram com as suas famílias. Dois dos volumes, destruídos durante a guerra, foram reconstruídos em 2014 por Bruno Fioretti Marquez, numa espécie de homenagem abstracta ao passado que não volta.

Impossível não se sentir inspirado num lugar onde tanto aconteceu, onde se cruzaram nomes como Walter Gropius, Wassily Kandinsky, Paul Klee, Josef Albers, Marcel Breuer ou Mies van der Rohe. Parece incrível que 100 anos depois o legado da Bauhaus continue tão vivo, tão surpreendente e extraordinário como sempre. Vale a pena respirar esta magia em Dessau.

Em 2019 serão celebrados os 100 anos da fundação da Bauhaus, haverá um novo Museu em Dessau, renovados Bauhaus Archiv em Berlim e muitas actividades - será sem dúvida uma óptima oportunidade para uma visita, ou quem sabe, para um regresso!
Mais fotos aqui.

EN
The visit to Bauhaus was definitely one of the highlights of the trip to Berlin.
About 2 hours by train from Berlin, the Dessau train station is a 10-minute walk from the amazing Bauhaus building designed by Walter Gropius in 1925. Founder and director of the school since 1919, while still in Weimar, left on 1928, five years before the definitive closure, result of the imposition of the National Socialist government.
Over the 14 years of its existence the Bauhaus revolutionised the way we view society - more than a school of architecture, art and design, it was a symbol of change and modernity, it sought to unite arts and industry, creating a teaching system based on experimentation, influencing artistic and social areas up to the present day.

Today in Dessau you can visit several buildings linked to the Bauhaus, the most important being the school building and the Masters' Houses - a set of houses also designed by Gropius, where some of the teachers lived with their family. Two of the volumes, destroyed during the war, were rebuilt in 2014 by Bruno Fioretti Marquez, in a kind of abstract homage to the past that doesn't return.

Impossible not to feel inspired in a place where so much happened, where have been names like Walter Gropius, Wassily Kandinsky, Paul Klee, Josef Albers, Marcel Breuer or Mies van der Rohe. It seems incredible that 100 years later the Bauhaus legacy remains as alive, as surprising and extraordinary as ever. It's worth to breathe this magic in Dessau.

In 2019 will be celebrated the 100th anniversary of the founding of Bauhaus, there will be a new Museum in Dessau, renovated Bauhaus Archiv in Berlin and many activities - it will undoubtedly be a great opportunity for a visit, or perhaps a return!
More photos here.

Berlin // architecture

0

Thursday, 11 October 2018

Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18

Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18 Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18 Berlin | 09'18
Berlin | 09'18
Berlin | 09'18

PT
Para além de ser uma cidade incrível, Berlim é um paraíso para quem gosta de arquitectura.
Museus, edifícios residenciais, privados ou públicos... o pior é quando não se tem a possibilidade de ver ou de entrar (o Bauhaus Archiv e a National Gallery estavam encerrados para obras!), mas quando, por outro lado, se proporciona a surpresa de uma visita inesperada ao interior (como no apartamento da Corbusierhaus) a alegria é imensa!

Ficam então fotos de alguns favoritos:
1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. Corbusierhaus, ou a fantástica Unité d'Habitation de Berlim, Le Corbusier, 1958 - por sorte, graças à celebração dos 60 anos do edifício, foi possível visitar um dos apartamentos! Se planeiam ir não deixem de contactar através do site, foram muito prestáveis.
10. 11. 12. 13. 14. 15 Berliner Philarmoniker, Hans Scharoun, 1963 - sem oportunidade para assistir a um concerto, vale bem a pena a visita guiada.
16. 17. Bauhaus Archiv, Walter Gropius, 1979
18. 19. Bonjour Tristesse, Álvaro Siza, 1984
20. Reichstag, Norman Foster, 1999 - vale a pena marcar a visita guiada para saber mais sobre o Parlamento alemão e, claro, subir à cúpula! Marcar com antecedência.
21. 22. 23. Jüdisches Museum, Daniel Libeskind, 2001 - ou um dos museus mais psicologicamente desconfortáveis alguma vez construído.
24. 25. Memorial aos Judeus Mortos da Europa, Peter Eisenman, 2005 - uma espécie de 2711 caixões urbanos para lembrar os inacreditáveis 6 000 000.

Mais fotos aqui.
Em breve, e para terminar: a fantástica visita à Bauhaus!

EN
Apart from being an incredible city, Berlin is a paradise for architecture lovers.
Museums, residential buildings, private or public... the worst is when you're not able to see or enter (the Bauhaus Archiv and the National Gallery were closed for works!), but when, on the other hand, there's the surprise of an unexpected visit to the interior (as in the Corbusierhaus apartment) the joy is immense!

I leave you with photos of some favorites:
1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. Corbusierhaus, or the amazing Unité d'Habitation of Berlin, Le Corbusier, 1958 - fortunately, thanks to the celebration of the 60th anniversary of the building, it was possible to visit one of the apartments! If you plan to go don't hesitate to contact through the website, they were very helpful.
10. 11. 12. 13. 14. 15 Berliner Philarmoniker, Hans Scharoun, 1963 - with no opportunity to attend a concert, it's really worth the guided tour.
16. 17. Bauhaus Archiv, Walter Gropius, 1979
18. 19. Bonjour Tristesse, Álvaro Siza, 1984
20. Reichstag, Norman Foster, 1999 - it's worth booking the guided tour to know more about the German Parliament and, of course, to go up to the dome! Request visit in advance.
21. 22. 23. Jüdisches Museum, Daniel Libeskind, 2001 - or one of the most psychologically uncomfortable museums ever built.
24. 25. Memorial to the Murdered Jews of Europe, Peter Eisenman, 2005 - a kind of 2711 urban coffins to remember the unbelievable 6 000 000.

More photos here.
Soon, and to finish: the amazing visit to Bauhaus!

Ana Pina | blog

All rights reserved | Powered by Blogger

^