Flora Collection // new ring

0

Tuesday, 28 April 2015

Flora Collection | ring
Flora Collection | ring
Flora Collection | ring
Flora Collection | ring

PT
Há novidades na loja... um novo modelo de anel chegou para integrar a Flora Collection, mesmo a tempo de florir durante os dias de Primavera que vivemos!
Já está disponível na loja online aqui e faz um belo conjunto com este par de brincos e este colar, não acham?...

EN
There's something new in the shop... a new ring arrived to Flora Collection, right on time to bloom on these Spring days we're living!
Available in the online shop right here and it makes a lovely set together with this pair of earrings and this necklace, don't you think?...

A Desumanização // Valter Hugo Mãe

0

Thursday, 23 April 2015



Eu disse-lhe que o meu pai também punha versos no lugar de cada coisa. Ao invés das pedras, ele tinha versos. Tinha versos no caminho. E o sol era uma palavra amarela com outra que faiscava e talvez com crinas de cavalo em dias de maior exuberância. O meu pai, Steindór, põe palavras nas mãos e elas começam a piar e são iguais às andorinhas. Vão embora com elas. Para sempre. Palavras para sempre. Rimos muito. Conversávamos assim e ríamos muito. Algumas palavras, depois, têm outras como filhas. Andam acompanhadas delas e ensinam-lhes a brincar e a serem felizes. Quando passam os bandos a voar, o meu pai diz que é um texto. Diz que o podemos ler.

Valter Hugo Mãe, A Desumanização

PT
A Desumanização, de Valter Hugo Mãe, é uma maravilhosa viagem, não só através do silêncio frio dos fiordes da Islândia, mas sobretudo através de uma muito particular forma de escrever e expressar o que não cabe nas palavras.
A imensidão da tristeza que nos ultrapassa, a incontrolável dor da perda e a necessidade de preencher o vazio (se ao menos fosse possível), o doloroso processo de crescer, a beleza do imaterial que quase se toca, o poder redentor da poesia. A expressão daquilo que nos torna tão humanos, tão expostos e vulneráveis, mas também tão fortes e únicos. O que nos une ao outro e o que nos separa dele, de nós próprios, de quem éramos e que acaba por fazer de nós o que somos.
São palavras que não se sentem apenas, mas se veem. Um turbilhão de emoções, lá fora e cá dentro.

Certamente, um dos livros mais belos que já li.

EN
A Desumanização [The Dehumanization], a book by Valter Hugo Mãe, is a wonderful journey, not only through the cold silence of the fjords of Iceland, but especially through a very particular way to write and express what does not fit in words.
The immensity of sorrow beyond us, the uncontrollable pain of loss and the need to fill the void (if only it were possible), the painful process of growing up, the beauty of immaterial that you can almost touch, the redemptive power of poetry. The expression of what makes us so human, so exposed and vulnerable, but also so strong and unique. What binds us to each other and what separates us from others, from ourselves, from who we were and that ultimately make us what we are.
Words you don't only feel but can see. A whirlwind of emotions, outside and inside.

Certainly one of the most beautiful books I've ever read.

listening out loud // Let It Play

0

Thursday, 16 April 2015

{listening out loud} Lei It Play

PT
Com boa música a fazer-nos companhia, nunca estamos sozinhos.
Basta deixar tocar...

EN
With good music keeping us company, we're never alone.
Just let it play...

01. Sirens | dEUS
02. Maniac | Clap Your Hands Say Yeah
03. Airport Surroundings | Loney Dear
04. Sun | Two Door Cinema Club
05. Money | The Drums
06. Let's Go All The Way | Citizens!
07. You Don't Want To Dance With Me | Monarchy (feat. Britt Love)
08. Gold Gun Girls | Metric

>> press play

You Love Me, You Love Me Not

2

Tuesday, 14 April 2015

You Love Me, You Love Me Not
You Love Me, You Love Me Not
You Love Me, You Love Me Not
You Love Me, You Love Me Not
You Love Me, You Love Me Not
You Love Me, You Love Me Not
You Love Me, You Love Me Not

PT
Oportunidade para visitar no Porto uma selecção de arte contemporânea da colecção Sindika Dokolo, essencialmente centrada em artistas do continente africano, mas também com a presença de autores de outras paragens, como é o caso de Nick Cave (sim, esse) e os seus incríveis soundsuits.

As fotos estão um pouco miseráveis, porque foram tiradas com o telemóvel (tenho que recuperar o hábito de andar com a máquina fotográfica atrás de mim!), mas isso é apenas mais um pretexto para fazerem vocês mesmos uma visita à exposição - a entrada é gratuita e estará na Galeria Municipal da Biblioteca Almeida Garrett até dia 17 de Maio. Um passeio pelos Jardins do Palácio de Cristal também valerá a pena para completar o passeio, pensem nisso!

EN
Opportunity to visit in Porto a selection of contemporary art of Sindika Dokolo's collection, primarily focused on artists from the African continent, but also with the presence of authors from other places, such as Nick Cave (yes, that one) and his amazing soundsuits.

The pictures are a bit miserable, because they were taken with my cellphone (I have to recover the habit of walking with my camera with me!), but that's just another excuse to make you visit the exhibition for yourselves - the entry is free and it will be in the Municipal Gallery of Almeida Garrett Library until May 17th. A walk through Crystal Palace Gardens is also worth to complete the tour, so if you happen to be around, think about it!

#4

0

Friday, 10 April 2015

Enquanto questionarmos, nunca saberemos o que fazer.
O maior dilema será saber parar com as questões antes que elas se tornem factores de dissuasão, em vez de factores de decisão. São palavras tão parecidas de qualquer modo.
A desculpa de não sermos obrigados a decidir é sempre o caminho mais fácil. Só quando todas as direcções se desenrolam à nossa frente é que parecemos não conseguir decidir para que lado estamos a olhar afinal – para trás?
(enrolar o novelo de novo, fechar os olhos, esperar que passe)

2015.03.18 [Fragmentos de um Todo Incompleto]

Ana Pina | blog All rights reserved
© Blog Milk
Powered by Blogger

^